quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Os cheiros



Tento com meu nariz
perceber os segredos
que se escondem no ar.

O que aos meus olhos não existem

mas em mim insiste em estar.

Como pode o cheiro
tão invisível,
ao ser notado pelos sentidos
nos levar ao impossível?





Rômulo Romanha

Nenhum comentário: