quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Meu amigo comprou um carro
pra circular no mar
queria viajar pelo oceano
e ter água como ar.

Quando saiu a passeio
numa tarde de outubro
decidiu se arriscar
com seu veículo se atirou
em busca da maresia
no começo fazendo carinho
na save face das ondas
que morrem como espumas
nas areias do sonho...

Então, com coragem
se jogou contra a margem
em direção ao impossível
e com gigante surpresa
olharam os peixinhos
aquela figura estranha
se propondo a façanha
de ser, da água, a manha

Pois foi sem medo
que ele desbravou,
cada pedacinho dos sonhos
de cada coral escondido

Hoje, do mar ele é
e quando olho aquele lugar
de terra batida que foi seu lar
penso por um instante

Só vive na água quem sonha em bolhas
Na terra vive quem sonha no ar.



Rômulo Romanha

Nenhum comentário: