terça-feira, 24 de setembro de 2013

Rodopiante


Salta!
Salta porque no ar é seu lugar
onde o espaço,
o passo
e compasso
não podem atrapalhar
as sutilezas da alma
que pede com calma
um pedaço da palma
que se faz ressoar

e...

Gire!
Gire a bailar
como a orbita da terra
em um mesmo lugar
como gira o universo
em si mesmo imerso
o que cabe em um verso?
quando estás a girar

doce rodopiante
aquela insonia constante
de noite após noite
contigo sonhar



Rômulo Romanha

Nenhum comentário: