terça-feira, 29 de junho de 2010

Acordar...



deixar o estado

de sono,



perceber...
as sutilezas da matéria.

O sentido...




Volta a ter sentido.


Rômulo Romanha

Nenhum comentário: