terça-feira, 29 de junho de 2010

Acordar...



deixar o estado

de sono,



perceber...
as sutilezas da matéria.

O sentido...




Volta a ter sentido.


Rômulo Romanha

terça-feira, 22 de junho de 2010

Todos os dias ao te olhar...
um novo Sol nasce em mim...
um Solzinho pequenino...
mas caminhando leve
meio que rasteiro
consegue desequilibrar o que sou.

Penso...
não falo.
não quero interferir naquilo que se faz belo

Ao voltar...
pergunto sobre seu dia
e suas diversões rotineiras criam minhas fábulas
seu olhos diante dos fatos trazem os devaneios

Os sonhos...
viajam no espaço que se cria entre o céu
e seus olhares soltos


Romulo Romanha

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Semáforo

No espaço que desvia a presença
e, faz presente a ausência

viajando...
sigo a caminhar... saltando
sobre as estrelas do universo
e nessa amarelinha metafísica
encontro um pouco disso

...que já nem sei o nome.


Romulo Romanha