sábado, 13 de setembro de 2008

Risoflora


Eu sou um caranguejo e estou de andada

Só por sua causa, só por você, só por você

E quando estou contigo eu quero gostar

E quando estou um pouco mais junto eu quero te amar

E ai de deitar de lado como a flor que eu tinha na mão

E ai esqueci na calçada só por esquecer

Apenas porque você não sabe voltar pra mim


Oh Risoflora !

Vou ficar de andada até te achar

Prometo meu amor vou me regenerar


Oh Risoflora !

Não vou dar mais bobeira dentro de um caritó

Oh Risoflora, não me deixe só

Eu sou um carangueijo e quero gostar

Enquanto estou um pouco mais junto eu quero te amar

E acho que você não sabe o que é isso não

E se sabe pelo menos você pode fingir

E em vez de cair em suas mãos preferia os seus braços

E em meus braços te levarei como uma flor

Pra minha maloca na beira do rio, meu amor !


Oh Risoflora !

Vou ficar de andada até te achar

Prometo meu amor vou me regenerar


Oh Risoflora !

Não vou dar mais bobeira dentro de um caritó

Oh Risoflora, não me deixe só.
Chico Science & Nação Zumbi

Um comentário:

Victor Matheus disse...

karai vi
muito bom esse mural ai :D
parabens mermo!