quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Resposta A Sangue e Fogo

Vidas levadas ao inferno,
peças que sobram na engrenagem.
A elite se isola da miséria
por ela mesma criada.

Muros encondem um terror eterno,
um apartheid social.
Casas queimadas sem explicação.
A revolta é abafada pela repressão.

Comunidades inteiras expulsas,
reclusas em lugares distantes.
Privadas da riqueza,
resultado de seu suor.
Seduzidas pelo progresso.
Mera ilusão.
Ignorando a realidade.
Alienação.
Do descontetamento cresce
a indiginação.
Disposição tomada
pelo sentimento de revolta.

RESPOSTA A SANGUE E FOGO.

Direito à dignidade.
Confrontar o opressor.
Conquistar o que nos pertence.
QUE OS PUNHOS SE FECHEM!
QUE O ÓDIO FERVA EM NOSSO SANGUE
E QUEIME ESSE CENÁRIO!
PREPARANDO O SOLO PARA A REVOLUÇÃO.

(essa é a letra da música Resposta a sangue e fogo da banda Point of no return, a letra já diz tudo, nem precisa de explicações ou comentários)

4 comentários:

Lisiane disse...

Tuas letras representam muito bem o homem justo que tu é e representam também como tu busca expressar isso sem acabar caindo numa metalinguagem medíocre.
Quem dera todos tivessem esse furor no sangue, essa vontade que tu tem, de resolver as coisas ou então, reclamá-las na expectativa da melhora.
E se eu estiver errada, se o meu ponto de vista estiver equivocado, que fique apenas o meu apreço pelos teus textos. E um dia quem sabe, poderei assistir novamente mais um show teu?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny