quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Resposta A Sangue e Fogo

Vidas levadas ao inferno,
peças que sobram na engrenagem.
A elite se isola da miséria
por ela mesma criada.

Muros encondem um terror eterno,
um apartheid social.
Casas queimadas sem explicação.
A revolta é abafada pela repressão.

Comunidades inteiras expulsas,
reclusas em lugares distantes.
Privadas da riqueza,
resultado de seu suor.
Seduzidas pelo progresso.
Mera ilusão.
Ignorando a realidade.
Alienação.
Do descontetamento cresce
a indiginação.
Disposição tomada
pelo sentimento de revolta.

RESPOSTA A SANGUE E FOGO.

Direito à dignidade.
Confrontar o opressor.
Conquistar o que nos pertence.
QUE OS PUNHOS SE FECHEM!
QUE O ÓDIO FERVA EM NOSSO SANGUE
E QUEIME ESSE CENÁRIO!
PREPARANDO O SOLO PARA A REVOLUÇÃO.

(essa é a letra da música Resposta a sangue e fogo da banda Point of no return, a letra já diz tudo, nem precisa de explicações ou comentários)